FRESES-'Há muito tempo não vejo um Brasil tão mesquinho'

"Há muito tempo que não vejo um Brasiltão mesquinho e tão defensivo", disse o argentino DiegoMaradona, após assistir da tribuna de honra à vitória daArgentina por 3 x 0 sobre o Brasil na semifinal dos Jogos dePequim. -- "Japão é um time que enche o saco. Se você não aniquilalogo no começo, ele volta", disse o técnico José RobertoGuimarães sobre a paciência oriental que o time de vôleifeminino do Brasil teve que ter para superar a defesa japonesae vencer por 3 sets a 0. -- "Espero mais na final, muito mais. A minha meta é 7metros, sempre. Estando bem ou não sempre quero alcançar 7metros", afirmou Maurren Maggi depois de conseguir a segundamelhor marca nas eliminatórias do salto em distância, 6,79metros. -- "Quando você vê, elas passam o carro", disse a jogadorade vôlei de praia do Brasil Renata, após a derrota nassemifinais para as campeãs olímpicas Kerri Walsh e MistyMay-Treanor. -- "Só quero relaxar e me divertir, ficar sentado e nãofazer nada", disse o nadador octacampeão olímpico Michael Phelps, depois de pedir um cheeseburger em um jantar com a mãee a irmã. -- "Eu não sei onde estou indo ou o que vou fazer, só vouindo em frente", disse Phelps em meio a vários compromissos coma imprensa e com patrocinadores. (Edição de Camila Moreira e Pedro Fonseca)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.