Fuzileiros desembarcam na praia em simulado para Olimpíada

Em outra ação, guarnição cercou o aeroporto Santos Dumont

O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2016 | 15h19

Tropas da Marinha cercaram o aeroporto Santos Dumont e desembarcaram na Praia Do Flamengo, na zona sul, ma manhã desta terça-feira, 19. A ação faz parte do treinamento dos militares para a Olimpíada. 

O exercício simulou duas ocorrências simultâneas. Enquanto uma guarnição cercava o aeroporto, atendendo a um chamado, outra equipe foi acionada para conter tumultos no Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo.

O treinamento incluiu o resgate de um militar ferido nessa suposta manifestação. Durante o desembarque das tropas, um helicóptero pousou na areia para fazer o socorro. 

Uma embarcação transportou caminhões e um trator, para abrir uma pista na areia. Em outro navio, 80 fuzileiros navais desembarcaram de tropas na praia e seguiram nos caminhões até o monumento. 

O treinamento serviu para estimar o tempo de deslocamento das tropas, que estão de prontidão na Ilha do Governador, zona norte, e serão acionadas em caso de necessidade de reforçar a segurança. O trajeto por mar levou uma hora e meia.

"É um tempo satisfatório. O transporte marítimo pode ser utilizado em colapso no trânsito. Também podemos fazer o transporte aéreo", afirmou o contra - almirante Ricardo Henrique Pilar, que coordenou a operação.

Ao todo, mil militares atuaram na simulação. Durante os Jogos Olímpicos, a Marinha terá equipes  baseadas no Leme, Jóquei Clube e Escola Naval. 

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.