Ginasta tricampeã olímpica Ponor se aposenta antes de Pequim

Depois de tentar se despedir em 2006, rival de Daiane dos Santos decide deixar as disputas oficiais

Radu Timofte, da Reuters,

12 de dezembro de 2007 | 15h46

A ginasta tricampeã olímpica Catalina Ponor decidiu se aposentar por razões médicas, disse nesta quarta-feira a Federação Romena de Ginástica (FRG). "Ponor não se recuperou dos problemas nas costas, então ela decidiu colocar um ponto final às suas atividades como atletas", disse a repórteres o presidente da FRG, Adrian Stoica, nesta quarta-feira. A ginasta, de 20 anos, ex-rival da brasileira Daiane dos Santos na prova de solo, liderou a Romênia na conquista do título por equipes da Olimpíada de 2004, em Atenas, e ainda conquistou o ouro nas provas individuais de solo e trave. Ponor também conquistou cinco medalhas de ouro nos Campeonato Europeus de 2004 e 2006. Ela já havia se aposentado anteriormente em 2006, mas mudou de idéias alguns meses depois e disputou o Mundial deste ano, na Alemanha. Ponor tinha a intenção de competir na Olimpíada de Pequim, do ano que vem. "A ausência de Ponor é uma grande perda para a nossa equipe na Olimpíada do ano que vem", disse Stoica. "Mas nós esperamos desenvolver novos talentos para surpreender em Pequim."

Tudo o que sabemos sobre:
Ginástica artísticaCatalina Ponor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.