Paul Childs| Reuters
Paul Childs| Reuters

Golfista Rory McIlroy admite preocupação com zika no Rio-2016

Um dos melhores atletas da modalidade teme com a infecção de sua noiva, Erica Stoll, que deve viajar ao Brasil em agosto

Estadão Conteúdo

24 de maio de 2016 | 10h56

Um dos principais golfistas do mundo, Rory McIlroy admitiu nesta terça-feira que está preocupado com os casos de zika no Brasil, às vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O atleta está classificado para defender a Irlanda do Norte na modalidade que está voltando ao programa olímpico nesta edição dos Jogos.

"Há muitas notícias sobre o vírus zika e há alguns artigos afirmando que a situação pode ser bem pior do que estão falando. Eu tenho que monitorar a situação", declarou o golfista de 27 anos, em entrevista à BBC.

Ele deve vir ao Brasil acompanhado da noiva Erica Stoll. McIlroy revelou que tem planos de "começar uma família com a noiva nos próximos anos", ao afirmar que pretende ter filhos. O vírus da zika é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e pode causar microcefalia em fetos durante a gestação.

Recentemente, a Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou medidas para controlar a proliferação do mosquito. Entre eles estão vistorias mais frequentes nas estruturas olímpicas e a contratação de mais agentes sanitários para o período pré-Olimpíada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.