Issei Kato/Reuters
Issei Kato/Reuters

Governo do Japão decide que Jogos de Tóquio devem ser cancelados, diz jornal

Pandemia de covid-19 obrigou a transferência dos Jogos para 2021; ideia seria tornar Tóquio sede olímpica de 2032

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de janeiro de 2021 | 21h26

O jornal The Times revelou nesta quinta-feira que o governo japonês chegou à conclusão de que os Jogos Olímpicos de Tóquio devem ser cancelados, devido à falta de perspectivas de controle da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a publicação, o país busca neste momento se viabilizar como sede da Olimpíada de 2032, que ainda não tem local definido. Em 2024, o evento deverá ocorrer em Paris, na França; em 2028, o encontro acontecerá em Los Angeles, nos Estados Unidos.

A pandemia do novo coronavírus impediu que os Jogos fossem realizados em 2020, obrigando sua transferência para 2021. A cerimônia de abertura está prevista para acontecer em 23 de julho.

A viabilidade dos Jogos em 2021 estava sendo questionada interna e externamente, apesar de autoridades do país e do Comitê Olímpico Internacional garantirem que com ou sem público o evento acontecerá.

Diversas alternativas vinham sendo apresentadas para que não houvesse prejuízos esportivos no encontro, nem de que o mesmo se tornasse palco de um surto de covid-19.

O jornal colheu informações com um integrante da coalizão governista, que disse haver consenso sobre a necessidade de cancelamento dos Jogos. No entanto, a busca, neste momento, é encontrar uma maneira de suavizar o anúncio.

"Ninguém quer ser o primeiro a dizer isso, mas o consenso é que é muito difícil. Pessoalmente, não acho que isso vá ocorrer", disse a fonte, que preferiu não se identificar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.