Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Guilherme Costa e Felipe Lima alcançam índice na natação e garantem vaga em Tóquio

Nadadores se classificam para provas dos 400m livre e 100m peito, respectivamente, nesta segunda-feira, na seletiva olímpica

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2021 | 23h17

Guilherme Costa, nos 400m livre, e Felipe Lima, nos 100m peito foram os atletas que conseguiram índice para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, nesta segunda-feira, no primeiro dia de Seletiva Olímpica de Natação, realizada no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro.

"Os 400m livre é uma prova que eu amo. Estar classificado nela , para mim, é um motivo de muita alegria. Estou muito feliz mesmo com meu desempenho e faz entender que todo o processo para chegar aqui valeu muito a pena. Quero agradecer a todos que participaram, em especial ao meu treinador, para que eu conseguisse minha vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio", disse Guilherme Costa, que marcou 3min45s85, novo recorde sul-americano.

Nos 100m peito, Felipe Lima foi o único nadador a nadar abaixo do índice desde as eliminatórias e cravou o tempo de 59s43 na final. "“Quero ir para Tóquio com o intuito de fazer ainda o melhor resultado. Temos que ir passo a passo conquistando lugar ao sol, degrau a degrau, passando por eliminatórias, semi e final para depois pensar em uma medalha. Tenho que trabalhar ainda mais duro para chegar aos 58 segundos e brigar por uma medalha", afirmou o atleta.

A seletiva olímpia continua nesta terça-feira, com transmissão da tevê da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

 

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoGuilherme CostaFelipe Lima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.