Divulgação
Divulgação

Gustavo Tsuboi e Jessica Yamada completam tênis de mesa do Brasil nos Jogos de Tóquio

Os dois foram escolhidos pelos últimos resultados e se juntam a Hugo Calderano e Bruna Takahashi, melhores do País no ranking mundial

Redação, Estadao Conteudo

12 de maio de 2021 | 10h08

Os técnicos Francisco Arado, o Paco, da seleção masculina, e Hugo Hoyama, do time feminino, enviaram a lista dos nomes que disputarão os torneios individuais de tênis de mesa dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Hugo Calderano e Bruna Takahashi, por serem os melhores do País nos rankings mundiais dos dois naipes, já tinham posição assegurada. Os escolhidos para completar as vagas do Brasil foram Gustavo Tsuboi e Jessica Yamada.

O Brasil disputará também os torneios de equipes. Além dos quatro nomes individuais, foram convocados, no final do mês passado, os atletas Vitor Ishiy e Carol Kumahara.

Tsuboi participa pela quarta vez dos Jogos Olímpicos, sendo o segundo atleta que mais disputou a competição em todos os tempos (Hugo Hoyama é o recordista, com seis Olimpíadas). Jessica Yamada, apesar de experiente, estreia neste ano.

A escolha foi fundamentada em participações dos dois atletas no Circuito Mundial. Tsuboi é o segundo melhor brasileiro no ranking mundial masculino, ocupando a 37.ª posição. Jessica também é a segunda melhor brasileira no feminino, com o 142.° lugar.

"O Tsuboi foi selecionado para representar o Brasil no individual por causa dos últimos resultados obtidos nos torneios internacionais. Ele teve bons resultados no Catar, vencendo jogadores como o Koki Niwa. Já havia tido um bom desempenho no WTT de Macau, quando venceu o chinês Zhao Zihao. Apresentou também bons resultados na Bundesliga, na Alemanha, contra atletas de alto nível", lembrou Paco.

"Para mim, foi uma escolha que seguiu o ranking mundial. Jessica e Carol sempre estiveram muito próximas. Tenho certeza de que Bruna e Jessica vão nos representar bem e conseguirão bons resultados em Tóquio", analisou Hugo Hoyama.

Tsuboi segue treinando no Brasil e se junta ao grupo em Ochsenhausen, na Alemanha, no final deste mês. Jessica Yamada segue na Europa, onde disputa a Superdivisão Espanhola e os playoffs da Liga Sueca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.