Homem é preso por falso alarme de bomba na China

Motorista teria prendido propositalmente pé de passageiro em ônibus, que irritado, fez a denúncia anônima

ANSA,

28 de julho de 2008 | 15h01

Em meio à tensão com a aproximação dos Jogos Olímpicos de Pequim, um homem fez uma ligação anônima dizendo que havia colocado uma bomba no ônibus em que estava, na cidade de Fuzhou, zona sul-oriental da China. Yu (sobrenome fornecido pela agência Xinhua) teria ficado com raiva por ter prendido o pé na porta do veículo e, por isso, tomado tal atitude.Yu telefonou para a companhia local de transportes e disse que um dos ônibus iria explodir. A polícia parou o veículo e, após fazer uma inspeção, não conseguiu encontrar a bomba.Mais tarde, Yu foi identificado e detido. Durante o interrogatório, ele revelou ter agido para se vingar do motorista que a seu ver teria fechado a porta do ônibus propositalmente em seu pé.Em 21 de julho, duas bombas explodiram na cidade de Kunming, capital da província meridional de Yunnan, provocando duas mortes e deixando 14 feridos. Esses atentados foram reivindicados pelo grupo islâmico dos mujaheddin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.