Miriam Jeske / COB
Miriam Jeske / COB

Iêda Guimarães termina na última colocação no pentatlo moderno nos Jogos de Tóquio

Brasileira não teve bom desempenho nesta sexta-feira e caiu do 30º lugar para o 36º

Redação, Estadão Conteúdo

06 de agosto de 2021 | 09h20

Iêda Guimarães encerrou na 36ª e última colocação, nesta sexta-feira, nas competições do pentatlo moderno feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A brasileira somou no total 430 pontos. A primeira colocada foi a britânica Kate French (1.385 - recorde olímpico), seguida pela lituana Laura Asadauskaite (1.368) e da italiana Alice Sotero (1.363).

Depois de ficar na 30ª posição na quinta-feira, com a disputa de esgrima, a brasileira não teve bom desempenho nesta sexta-feira. Ieda ficou em sexto e último lugar na sua bateria dos 200 metros livre na natação, perdeu o primeiro duelo na rodada bônus de esgrima, caiu do cavalo no hipismo e foi desclassificada no tiro/corrida.

Nas competições de esgrima no pentatlo, todos os competidores se enfrentam na rodada classificatória. As disputas têm um minuto e o primeiro a tocar o adversário vence. Se ninguém conseguir o toque, os dois são considerados perdedores.

Na natação, os atletas disputam uma prova contra o relógio. São 200 m estilo livre, enquanto no hipismo o competidor deve saltar com uma montaria desconhecida, destinada a ele por sorteio. Os atletas têm 20 minutos para se ajustar à montaria, executando cinco saltos de aquecimento. Na prova são 12 barreiras. O atleta deve cruzar a pista em um tempo determinado, com dedução de pontos por penalidades. Zerar a pista vale 1.100 pontos.

Já a corrida e tiro decidem a competição. A ordem de largada se baseia nos pontos acumulados nas três primeiras provas. O primeiro a largar é o atleta mais bem classificado. Os demais largam em intervalos de acordo com a sua pontuação: cada quatro pontos valem 1 segundo de intervalo. A corrida é uma prova cross-country de 3.200 m, intercalada com paradas a cada 800 m para o tiro. Vence quem completar primeiro o percurso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.