Jadel Gregório fracassa no triplo e português leva o ouro

Brasileiro terminou a disputa com 17,14 metros como melhor marca; Nelson Évora saltou 17,67 metros

Fabrício Lima, estadao.com.br

21 de agosto de 2008 | 11h03

Thomas Kienzle/APPortuguês saltou 17,67 metros, repetiu o triunfo do Mundial de Osaka-2007 e conquistou o ouro SÃO PAULO — Não foi em Pequim que o brasileiro Jadel Gregório conquistou sua primeira medalha olímpica na prova do salto triplo. Cotado como um dos favoritos ao ouro no estádio Ninho de Pássaro, o brasileiro marcou 17,14 metros, registrado na primeira de suas seis tentativas — ficou em sexto lugar na classificação geral.    A medalha de ouro acabou ficando nas mãos do português Nelson Évora. O português saltou 17,67 metros, na sua quarta tentativa, e ficou com o ouro. A medalha de prata foi para o britânico Phillips Idowu (17,62 m). O bronze foi conquistado por Leevan Sands, com 17,59 m. Jadel Gregório chegou aos Jogos Olímpicos de Pequim como uma das estrelas da delegação brasileira, ao lado de Dyego Hipólito, Jade Barbosa, Robert Scheidt e o futebol.  Com três medalhas de prata no currículo, duas em Mundial indoor (Budapeste-2004 e Moscou-2006) e uma em estádio aberto (Osaka-2007), Jadel Gregório não conseguiu repetir em Pequim os bons resultados da temporada 2007, quando ainda ganhou a medalha de ouro no Pan do Rio. Ainda no ano passado, o brasileiro conquistou a melhor marca de sua carreira ao atingir 17,90 metros na disputa do Grande Prêmio Brasil de Atletismo, em Belém. A marca também valeu como recorde sul-americano e brasileiro do salto triplo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.