AP
AP

Japão bate Dinamarca na final e fica com ouro nas duplas femininas do badminton

É a primeira medalha de ouro japonesa no badminton em olimpíadas

Estadão Conteúdo

18 Agosto 2016 | 14h52

O Japão faturou sua primeira medalha de ouro do badminton na história dos Jogos Olímpicos. Nesta quinta-feira, Misaki Matsumoto e Ayaka Takahashi foram as responsáveis pelo feito no torneio de duplas femininas, ao derrotarem na decisão as dinamarquesas Christinna Pedersen e Kamilla Rytter Juhl por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 18/21, 21/9 e 21/19.

O ouro coroou uma campanha perfeita de Matsumoto e Takahashi, que venceram as seis partidas que disputaram e perderam somente dois sets no caminho. Nesta quinta, elas até sofreram um susto no primeiro set, atropelaram no segundo e foram mais precisas na equilibrada e decisiva terceira parcial.

Esta, aliás, foi somente a segunda medalha do Japão na história do badminton olímpico. A outra havia acontecido justamente na última edição dos Jogos, em Londres, nas duplas femininas, mas com Mizuki Fujii e Reika Kakiiwa, que foram prata na ocasião.

A medalha de bronze no Rio ficou com as sul-coreanas Kyung Eun Jung e Seung Chan Shin, que derrotaram as chinesas Yuanting Tang e Yang Yu por 2 sets a 0, com parciais de 21/8 e 21/17.

Também nesta quinta foi definido o bronze das duplas masculinas, que ficou com os britânicos Marcus Ellis e Chris Langridge. Eles passaram pelos chineses Biao Chai e Wei Hong em três sets: 21/18, 19/21 e 21/10. A decisão acontecerá nesta sexta, entre os chineses Haifeng Fu e Nan Zhang e os malaios Shem Goh V e Wee Kiong Tan.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Mais conteúdo sobre:
Japão Londres

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.