Kevin Jairaj-USA TODAY
Kevin Jairaj-USA TODAY

Jogador da NBA e lutadora serão os porta-bandeiras do Japão na abertura dos Jogos Olímpicos

Rui Hachimura, do Washington Wizards, e Yui Susaki, campeã mundial de luta olímpica, foram os escolhidos pelo Comitê Olímpico Japonês 

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2021 | 08h06

Destaque da NBA jogando pelo Washington Wizards, Rui Hachimura será porta-bandeira do Japão na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, que acontecerá no próximo dia 23, no estádio Nacional, em Tóquio. O jogador de basquete terá a companhia de Yui Susaki, campeã mundial de luta olímpica.

O anúncio dos dois escolhidos foi feito nesta segunda-feira pelo Comitê Olímpico Japonês (JOC, na sigla em inglês). "É uma grande honra", disse Rui Hachimura, 23 anos, que é filho de mãe japonesa e pai beninês.

Sede dos Jogos Olímpicos, o Japão terá uma delegação de 580 atletas na competição em casa. A escolha de dois porta-bandeiras para a cerimônia de abertura é uma orientação do Comitê Olímpico Internacional (COI), que incentivou os comitês olímpicos nacionais a tomarem essa decisão.

O Brasil ainda não definiu quem carregará a bandeira do país na cerimônia de abertura. O Comitê Olímpico do Brasil (COB) deve anunciar o nome ou os nomes escolhidos em breve.

Nos Jogos do Rio-2016, essa honra ficou com Yane Marques, que ganhou a medalha de bronze na prova de pentatlo moderno da Olimpíada de Londres, em 2012, Na Inglaterra, o escolhido foi o cavaleiro Rodrigo Pessoa. Quanto anos antes, em Pequim-2008, o velejador Robert Scheidt entrou no estádio Olímpico com a bandeira do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.