Lucy Nicholson / Reuters
Lucy Nicholson / Reuters

Kelvin Hoefler e Letícia Bufoni têm nova troca de farpas sobre postura na Olimpíada de Tóquio

Em novo capítulo da polêmica, medalhista de prata afirma que foi a Tóquio para vencer e não 'ficar de função'

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2021 | 14h38

Kelvin Hoefler e Letícia Bufoni voltaram a trocar alfinetadas. Após a polêmica inicial provocada nos Jogos Olímpicos de Tóquio, uma entrevista concedida pelo medalhista de prata no skate reacendeu a rivalidade e gerou novas mensagens com ironias e acusações.

Na gravação do podcast Podpah, Kelvin Hoefler comentou o mal-estar que vivenciou com Letícia e deu a entender que alguns skatistas brasileiros que não tiveram bom desempenho na capital japonesa não estavam empenhados em conquistar uma posição no pódio.

"Eu estava focado. Minha missão era ganhar os bagulhos. Se fosse pra ficar de funçãozinha eu ficava aqui no Brasil, aqui com os parceiros. Viajar 20 horas para ficar de função, mano? Não, eu fui lá pra ganhar o bagulho. O pessoal, tipo Letícia, estava tudo de função. O pessoal que estava de função não se deu muito bem", afirmou Hoefler.

A expressão "ficar de função", de acordo com Hoefler, significa esquecer o objetivo da competição, deixar de lado o sonho pela vitória: "Não ficou concentrado para fazer o que você foi lá fazer. Eu foquei, eu estudei a pista porque eu tinha um objetivo. Eu fui para ganhar. A gente queria trazer essa medalha para o Brasil. Esse é o foco principal", explicou o vice-campeão olímpico.

Ao tomar conhecimento da fala do colega skatista, Letícia Bufoni recorreu às redes sociais para fazer uma provocação. Ela comparou o número de medalhistas nos Jogos com o total de participantes para defender aqueles que não conquistaram uma vaga no pódio da suposição de falta de interesse em competir.

"Estava fazendo as contas aqui. Quase 10 mil atletas foram fazer 'função' em Tóquio e voltaram para casa sem medalha. Que loucura!", reagiu a brasileira.

Logo após a conquista da medalha de prata de Kelvin Hoefler, Letícia Bufoni expôs um racha na equipe olímpica brasileira de skate. De acordo com a paulista, o medalhista não estava unido aos demais integrantes do grupo. Hoefler negou estar afastado dos companheiros, mas confirmou que não é mais próximo de Letícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.