Equipamentos de TV alemã para cobertura dos Jogos são roubados

Carreta teria sido interceptada e motorista feito refém na Av. Brasil

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2016 | 15h12

Faltando cerca de um mês para o início da Olimpíada, equipamentos de duas emissoras de TV da Alemanha foram roubados na manhã desta sexta-feira, no Rio de Janeiro. Eles estavam em dois contêineres que estavam sendo transportados para o Parque Olímpico, onde seriam montados os estúdios das emissoras ARD e ZDF.

O assalto aconteceu na Avenida Brasil, na altura do Mercado de São Sebastião. Ladrões teriam interceptado a carreta e feito o motorista de refém. Eles desviaram o caminhão para um galpão e retiraram os equipamentos. A carreta, vazia, foi encontrada no início da tarde.

Segundo a ZDF, o material roubado está avaliado em 400 mil euros (R$ 1,44 milhão). Todo o equipamento contava com seguro. De acordo com a emissora, o roubo não afetará a transmissão dos Jogos Olímpicos.

Trata-se do segundo crime envolvendo estrangeiros no Rio, por causa da Olimpíada, em menos de duas semanas. No dia 19 de junho, dois membros da equipe australiana de vela paralímpica foram assaltados à mão armada no Rio.

As atletas paralímpicas Liesl Tesch e Sarah Ross foram confrontadas por dois homens quando estavam pedalando com suas bicicletas em um parque do Rio no último domingo. Um dos homens estava carregando uma pistola e as mulheres tiveram suas bicicletas roubadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.