Gabriela Sabau/IJF
Gabriela Sabau/IJF

Larissa Pimenta fatura bronze para o judô brasileiro em Grand Prix na Turquia

Meio-leve derrotou a russa Yulia Kazarina para garantir a medalha

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de abril de 2019 | 20h02

Em transição da categoria júnior para a seleção principal de judô, Larissa Pimenta voltou a se destacar nesta sexta-feira. A meio-leve (até 52kg) conquistou o bronze no Grand Prix de Antalya, na Turquia, enquanto outros dois brasileiros - Felipe Kitadai e Sarah Menezes - perderam a luta que valia medalha no primeiro dia da competição.

Na disputa pelo bronze, Larissa, de 20 anos, superou a russa Yulia Kazarina, tendo aplicado um waza-ari e a transição para imobilizar a adversária. Assim, garantiu mais 350 pontos no ranking mundial, em que ocupa a 40ª colocação. Antes, a brasileira havia vencido suas três lutas preliminares, depois caindo nas semifinais para a mongol Urantsetseg Munkhbat.

"Essa competição e essa disputa de bronze foram muito importantes para eu melhorar no ranking mundial. Fiz uma luta dura com a russa. Já tinha lutado com ela em Dusseldorf e, agora, acho que o diferencial aqui foi a cabeça. Eu estava focada desde o início da competição e sabia que eu podia dar o meu melhor", explicou Larissa.

Na mesma categoria, Sarah Menezes somou três vitórias até perder nas semifinais para a romena Andrea Chitu, duas vezes vice-campeã mundial entre as meio-leves. Na luta pelo bronze, perdeu para a azeri Gultaj Mammadaliyeva. A brasileira começou perdendo por um waza-ari, buscou o empate no tempo normal, mas acabou sofrendo uma segunda projeção no golden score.

Quem também caiu na luta pelo bronze foi Felipe Kitadai (60kg). O brasileiro avançou às quartas de final com vitórias sobre Csaba Szabo, da Hungria, e Yung Wei-Yang, de Taiwan. Depois, perdeu para o casaque Yeldos Smetov, campeão do mundo em 2015 e vice-campeão olímpico no Rio-2016. Na repescagem, passou por Boldbaatar Ganbat, da Mongólia, por ippon no golden score. Só que na luta pelo bronze foi superado pelo turco Mihrac Akkus, de 18 anos.

Outros quatro brasileiros entraram no tatame nesta sexta-feira. Rafaela Silva (57kg) e Charles Chibana (66kg) estrearam com vitórias, mas perderam na segunda luta. Já Eric Takabatake (60kg) e Nathália Brígida (48kg) perderam na primeira rodada para Orkhan Safarov, do Azerbaijão, e Ewa Konieczny, da Polônia, respectivamente.

O Grand Prix de Antalya prossegue neste sábado com a participação dos brasileiros Marcelo Contini (73kg), Eduardo Yudy Santos (81kg), Guilherme Schimidt (81kg), Alexia Castilhos (63kg), Maria Portela (70kg) e Ellen Santana (70kg). Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg), Gustavo Assis (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Buzacarini (100kg) e David Moura (+100kg) serão os representantes brasileiros no domingo, último dia da competição na Turquia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.