Lorrane e Lucas Bitencourt disputam torneio que revelou Nadia Comaneci

Há 40 anos, Nadia Comaneci começava encantar o mundo ao conquistar duas notas 10 em suas apresentações na trave na primeira edição da American Cup. Quatro décadas depois, dois brasileiros foram convidados a participar do mesmo torneio que revelou a maior ginasta de todos tempos. Lorrane Oliveira e Lucas Bitencourt competem neste sábado em Newark, nos Estados Unidos, sem sonhar com um 10 - que não é mais possível na ginástica artística -, mas buscando começar bem o ano olímpico.

Estadão Conteúdo

03 de março de 2016 | 18h00

A American Cup é um torneio que tem apenas disputas no individual geral. Vence quem tiver a melhor somatório entre todos os aparelhos - seis no masculino, quatro no feminino. Com o gabarito de ter revelado Nadia Comaneci, quando ainda era disputado no Madison Square Garden, nos EUA, o torneio segue como um dos mais importantes do calendário internacional, reunindo boa parte da elite da ginástica artística.

Com Sergio Sasaki e Rebecca Andrade machucados, o Brasil será representado pelos dois jovens ginastas que se destacaram no Mundial do ano passado, chegando à final do individual geral - Lucas foi 20.º, enquanto Lorrane ficou em 18.º.

"Essa vai ser a minha primeira competição do ano e com grandes nomes da ginástica, medalhistas mundiais. Esse campeonato já servirá de avaliação para os Jogos Olímpicos, por isso vou fazer o máximo para ficar bem posicionado. É o primeiro teste do ano e já de alto nível", comentou Lucas.

Como o Brasil já está classificado para os Jogos Olímpicos no masculino, Lucas briga para fazer parte da equipe de cinco ginastas que irá ao Rio - Arthur Zanetti, Diego Hypolito, Sergio Sasaki e Arthur Nory saem na frente dessa corrida. No feminino, as meninas ainda precisam conseguir a vaga pelo Pré-Olímpico de abril.

"Espero fazer uma boa competição, acertar tudo que faço nos treinos. Estarei ao lado de algumas das melhores atletas. Será mais um preparatório e quero usar isso para chegar muito bem e segura no evento teste", disse Lorrane.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.