Lula diz que ficou com raiva da derrota do Brasil para Argentina

Presidente disse que nem nos 'piores momentos' do Corinthians sentiu 'tanta raiva' como na partida desta manhã

Denise Madueño, O Estado de S. Paulo

19 de agosto de 2008 | 21h02

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na reunião de hoje do Conselho Político, No Palácio do Planalto, mostrou-se irritado ao comentar o jogo de hoje entre as seleções olímpicas de futebol do Brasil e da Argentina, que terminou com vitória dos argentinos por 3 gols a zero.      Veja também:  Para Ronaldinho, Argentina se aproveitou de cochilo Brasil foi 'pequeno' e Ronaldinho ficou isolado, diz Maradona Após perder ouro, Dunga dará 'sequência ao trabalho' Técnico da Argentina diz que atropelou o Brasil Imprensa argentina tripudia brasileiros por 'vitória fácil' Diego diz que Brasil vai buscar forças para o bronzeA campanha brasileira na Olimpíada de Pequim Vote: Dunga deve permanecer no comando da seleção?   De acordo com relato de líderes que participaram do encontro, Lula afirmou que "nem nos piores momentos do Corinthians" - time do qual é torcedor - sentiu "tanta raiva" como durante a partida desta manhã.   Um líder completou: "Então, tem que tirar o Dunga".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.