Madruga diz que Brasil está preparado para Pequim 2008

Para o secretário de esportes, País nunca este vão preparado para uma Olimpíada

EFE

20 de julho de 2008 | 09h39

O ex-nadador Djan Madruga, secretário Nacional de Esportes de Alto Rendimento, comentou na noite deste sábado que nunca uma delegação do país se preparou tão bem para uma edição dos Jogos Olímpicos quanto a que está viajando para Pequim. Para o secretário, o Governo federal já contribuiu para um bom desempenho: "Destinamos os recursos necessários para que a delegação brasileira tivesse uma preparação como jamais houve. A melhor preparação olímpica da história dos jogos, em função de recursos que foram destinados pelo Ministério do Esporte, através da Lei de Incentivo Fiscal", afirmou Madruga à "Agência Brasil".O dirigente participou de uma reunião do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) preparatória para a delegação que estará em Pequim acompanhando os Jogos.Segundo Djan Madruga, estão sendo definidas as delegações técnicas e governamentais (estados, municípios e União) que irão pautar as ações que acontecerão em Pequim.Os recursos distribuídos aos comitês olímpico e para-olímpico brasileiros para preparação das equipes e classificação de atletas somaram R$ 26 milhões. Diante deste valor, o secretário espera que os façam "uma apresentação memorável" em Pequim. Os Jogos serão de 8 a 24 de agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.