Toby Melville / Reuters
Toby Melville / Reuters

Maior medalhista dos Jogos de Inverno, norueguesa anuncia aposentadoria

Marit Bjoergen participará de última competição profissional no próximo fim de semana

Estadão Conteúdo

06 Abril 2018 | 10h42

Atleta de inverno mais laureada da história olímpica, a norueguesa Marit Bjoergen anunciou nesta sexta-feira a sua decisão de se aposentar do esqui cross-country. "Eu não tenho a motivação necessária para dar 100% em outra temporada e é por isso que eu escolhi me aposentar", afirmou à emissora pública de TV na Noruega, a NRK.

+ Cidades de 7 países manifestam interesse em receber os Jogos de Inverno de 2026

+ Brasileiro de 15 anos termina em 6º no esqui cross-country nos Jogos Paralímpicos

Apesar de se declarar sem a motivação necessária para seguir competindo, Bjoergen destacou que dexiar de competir não foi uma decisão fácil de ser tomada. "Foi uma era na minha vida, mais de 20 anos. Então é uma coisa especial dizer que esta é a minha última temporada como uma atleta", acrescentou.

Bjoergen tem um currículo impressionante no esqui cross-country, o que incluiu 15 medalhas de ouro olímpicas, sendo oito delas de ouro, quatro de prata e três de bronze. Além disso, a norueguesa soma 114 vitórias individuais em 303 provas da Copa do Mundo e 26 medalhas em Mundiais, sendo 18 de ouro.

A rica histórica olímpica de Bjoergen começou com a conquista de uma medalha de prata em 2002 nos Jogos de Inverno de Salt Lake City. Ele também competiu e subiu ao pódio nas edições de 2006, 2010, 2014 e 2018 da Olimpíada. Nesta última em Pyeongchang, foram dois ouros, uma prata e dois bronzes. Assim, deixou para trás o compatriota Ole Einar Bjorndalen como atleta de inverno com mais medalhas olímpicas - 13, sendo oito de ouro.

Agora, então, a lenda dos esportes de inverno vai se aposentar. E, de acordo com Bjoergen, a sua última competição profissional será no próximo fim de semana, no Campeonato Norueguês, em Alta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.