Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Gaspar Nóbrega/COB
Gaspar Nóbrega/COB

Mesa-tenistas do Brasil fazem 1º treino no Japão após longa viagem e protocolos

Nesta quinta-feira, o trabalho foi em tempo integral na Sawayak Arena, em Fukuroi

Redação, Estadão Conteúdo

15 de julho de 2021 | 14h05

Os mesa-tenistas brasileiros já estão treinando no Japão, no último ciclo de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Nesta quinta-feira, o trabalho foi em tempo integral na Sawayak Arena, em Fukuroi, na região metropolitana de Hamamatsu. Mas a longa viagem fez com que a comissão técnica priorizasse o descanso dos atletas nas primeiras horas do grupo no país.

O grupo que saiu do Brasil, com parte da comissão técnica e as atletas Bruna Takahashi, Carol Kumahara, Giulia Takahashi e Jessica Yamada, viajou por mais de 48 horas, após partirem na noite de domingo de São Paulo. A turma que saiu da Europa, com o restante da comissão técnica e os mesa-tenistas Eric Jouti, Gustavo Tsuboi, Hugo Calderano e Vitor Ishiy, também teve uma viagem cansativa. Na chegada, todos ainda precisaram passar por checagens das autoridades e protocolos de segurança por causa da covid-19.

"Fizemos o primeiro período de treino a um ritmo bem tranquilo depois de uma viagem longa e cansativa", resumiu o técnico da seleção masculina, Francisco Arado, o Paco. Seu colega na equipe feminina, Hugo Hoyama, também optou por deixar as meninas sem tanta exigência no primeiro dia.

"Chegamos muito cansados. A viagem acabou sendo mais longa por causa dos protocolos no aeroporto de Haneda, mas era necessário. Nesses primeiros dias, é mais para 'pegar a mão' e acostumar com o fuso horário", constatou Hoyama.

Nos próximos dois dias, o treinamento será novamente em tempo integral, iniciando às 10 horas (horário local) e terminando às 19 horas, programação que se repete no dia 19. No domingo, apenas uma movimentação física e trabalho de recuperação. Na manhã do dia 20, o grupo treina pela manhã e segue para Tóquio na parte da tarde, ocupando a Vila Olímpica.

Segundo Hoyama, os treinos agora visam muito menos a parte técnica. A mentalização do que precisa ser feito no dia dos duelos é o que mais a comissão técnica pretende trabalhar. Ele também destacou o bom ambiente no Japão.

"O ginásio em que estamos treinando é muito bom. As meninas estão bastante animadas. As meninas estão bem unidas, estão se ajudando, o que é um fator muito importante também. Estamos todos felizes aqui. De amanhã (sexta-feira) em diante, vamos focar realmente na parte da concentração para os Jogos. O que tínhamos que treinar na mesa, já treinamos. Agora, é focar na parte mental, colocar o que elas terão de fazer durante os Jogos", finalizou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.