Ministro de Esportes russo promete novas medidas antidoping

O ministro dos Esportes russo, Vitaly Mutko, prometeu nesta quarta-feira que seu país vai adotar novas medidas para lutar contra o doping, incluindo a elaboração de novos métodos de testes e, possivelmente, a abertura de processos criminais contra atletas com suspeita de fraude.

REUTERS

11 Novembro 2015 | 18h18

Os comentários de Mutko foram feitos após uma comissão independente criada pela Comissão Mundial Antidoping (Wada) acusar atletas russos, ajudados por autoridades, de envolvimento em práticas sistemáticas e generalizadas de doping.

A comissão recomendou na segunda-feira que a Federação de Atletismo da Rússia seja banida do esporte por causa de suas práticas de doping, uma medida que pode causar a exclusão da equipe russa de atlestismo da Olimpíada do Rio de Janeiro no ano que vem.

De acordo com a comissão, havia "uma cultura profundamente enraizada de fraudes" no atletismo russo. Também identificou o que chamou de falhas sistêmicas na Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf, na sigla em inglês), entidade que administra a modalidade.

(Reportagem de Denis Dyomkin)

Mais conteúdo sobre:
DOPING RUSSIA MINISTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.