Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ministro italiano confirma presença em Pequim 2008

Franco Frattini diz que representará as 'posições européias' na abertura dos Jogos Olímpicos

Ansa

31 de julho de 2008 | 13h01

O ministro das Relações Exteriores italiano, Franco Frattini, afirmou nesta quinta-feira que estará em Pequim "em nome da Itália, na cerimônia de inauguração das Olimpíadas, sentando ao lado do muitos outros líderes europeus", começando pelo presidente de turno da União Européia, Nicolas Sarkozy. Frattini fez a declaração durante uma coletiva no Palazzo Chigi, sede do governo italiano, ao lado do ministro dos Bens Culturais, Sandro Bondi. Sobre a questão dos direitos humanos, Frattini afirma ter "muitas ocasiões de diálogo com a China".  "Eu tive uma [ocasião de diálogo] com o ministro dos Exteriores chinês, quando ele veio me encontrar. Farei uma visita a Pequim, acrescentou Frattini, concluindo que nessa ocasião "certamente repetiremos as conhecidas posições européias, ou seja a forte insistência para que na China sejam levados em consideração todos os direitos humanos, da proibição à censura até a pena de morte". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.