Divulgação/Ministério do Esporte
Divulgação/Ministério do Esporte

Mundial de Canoagem Slalom tem susto chileno e Brasil fora do pódio no 1º dia

Abertura da competição tem duelos por equipes no canal de Deodoro, no Rio

Estadao Conteudo

25 de setembro de 2018 | 15h38

O Brasil não conseguiu bons resultados no primeiro dia de disputa do Mundial de Canoagem Slalom, nesta terça-feira, na raia olímpica de Deodoro, no Rio. Um momento de tensão ocorreu com a chilena Pilar Lira, no K1 feminino por equipes.

Pilar perdeu o controle de seu caiaque no 14º obstáculo e por vários metros ficou submersa. O resgate precisou ser acionado. A atleta foi socorrida, chorou muito e a equipe acabou eliminada.

Ana Sátila, sua irmã Omira Estácia e Marina Costa foram as primeiras brasileiras a se apresentar e terminaram na 14º colocação, a 59s48 das francesas, que ficaram com o ouro. A medalha de prata foi da Alemanha e o bronze ficou com a Grã-Bretanha.

"O time funcionou bem. O primeiro dia também serve para perder um pouco da pressão, do nervosismo. Apesar da colocação, gostamos da nossa descida", disse Omira Estácia.

No C1 masculino o Brasil também não conseguiu subir ao pódio. Felipe Borges, Gustavo Selbach e Charles Correa terminaram na 11ª posição, a 6s02 da Eslováquia, que ficou com o ouro com 99s67, seguido da Eslovênia com e da Grã-Bretanha. "Descemos bem. Nosso tempo é bom", afirmou Felipe Borges.

Pepê Gonçalves, sexto colocado na Olimpíada do Rio, em 2016, Fábio Rodrigues e Guilherme Mapelli formaram a equipe do K1 masculina, que terminou em 16º lugar. O pódio foi formado por Polônia, Suíça e Austrália.

Nesta quarta-feira, o Brasil volta a competir nas eliminatórias do C1 masculino com Gustavo Selbach, Charles Correa e Felipe Borges, e no K1 feminino com Marina Costa, Omira Estácia e Ana Sátila. O Mundial vai até domingo.

 
 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Omira EstáciaAna SátilaCanoagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.