EFE
EFE

“Não podia decepcionar minha filha”, diz Mo Farah após queda e bi olímpico

Atleta caiu na pista no minuto 12 da prova no Engenhão

Gonçalo Junior e Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

14 Agosto 2016 | 01h11

O britânico Mo Farah explicou a razão que o fez conquistar o bicampeonato na prova dos 10 mil metros no Rio-2016 mesmo depois de ter sofrido uma queda no início da prova no Engenhão.

“Quando caí, eu pensei em levantar o mais rápido possível e tentei não entrar em pânico. Consegui recuperar o ritmo. Trabalhei duro para ganhar a medalha. Eu prometi a minha filha que ia conquistar a medalha e não podia decepcioná-la”, afirmou o campeão.

A queda aconteceu por volta do 12º minuto da prova, mas Farah conseguiu se levantar rapidamente e se recolocou na disputa. O britânico afirmou que, se a queda tivesse acontecido cinco ou seis voltas depois, ele não teria chance. Com a conquista deste sábado, Mo Farah se aproxima do feito do atleta checo Emil Zatopek. o único homem a vencer os 5000 metros, 10000 metros e a maratona numa mesma Olimpíada. O feito aconteceu nos Jogos de 1952, na Finlândia. Mo Farah já revelou sua disposição em disputar a maratona.

“É muito bom ser reconhecido pelo que fazemos e entrar para a história. É uma honra ter meu nome colocado ao lado dele”, afirmou o corredor, que também é bicampeão mundial.

Após a segunda medalha de ouro olímpica nos 10000 metros, Mo Farah ainda terá a oportunidade de defender o título olímpico na prova dos 5.000 metros, que terá a primeira bateria realizada no próximo dia 17.

Mais conteúdo sobre:
Olimpíada RIo 2016 Atletismo Mo Farah

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.