Almanaque Olímpico: Nem sempre melhores que estão nos Jogos

Na Olimpíada, cada modalidade esportiva determina o máximo de atletas de um mesmo país por prova

Demétrio Vecchioli, O Estado de S. Paulo

12 de abril de 2016 | 18h57

Você sabia que nem sempre os melhores têm a chance de estar na Olimpíada? Nos Jogos Olímpicos é assim: cada modalidade determina o máximo de atletas de um mesmo país por prova. Por exemplo, pode esperar Usain Bolt e outros dois jamaicanos no pódio dos 100m rasos, mas no judô, ainda que as duas melhores do mundo no peso pesado sejam chinesas, só uma poderá estar ao Rio.

OUÇA O BOLETIM NA ÍNTEGRA:

Tudo o que sabemos sobre:
jogos olímpicosalmanaque olímpico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.