Divulgação
Divulgação

Olimpíada do Rio ainda tem 1,1 milhão de ingressos à venda

Organização culpa longas filas e momento de 'aprendizado' do povo brasileiro

Jamil Chade, Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2016 | 15h42

Os organizadores do Rio-2016 informaram que ainda existem 1,1 milhão de ingressos à venda para os eventos nos Jogos Olímpicos. No primeiro dia de competições, no sábado, 150 mil pessoas estiveram no parque olímpico, mas centenas de cadeiras ficaram vazias. Os organizadores culparam os problemas de acesso e as longas filas, indicando que isso seria corrigido.

No total, 82% dos ingressos foram vendidos, o que permitiu que a renda obtida superasse em 5% a meta estabelecida. No total, R$ 1,09 bilhão foram gerados pela bilheteria.

Ainda assim, quem quiser ir até o evento ainda encontra entradas. Apenas a abertura e encerramento do evento foram esgotados. Os estrangeiros foram responsáveis por 25% das compras de bilhetes.

O diretor de Comunicações do Rio-2016, Mario Andrada, ainda aposta que, durante os próximos dias, os locais vazios nas arenas serão "resolvidos". Um dos problemas foi identificado na arena do vôlei de praia, em Copacabana.

A demora nas longas filas também fez com que famílias desistissem de entrar nos locais de competição por estarem com crianças.

A organização também acredita que, nos próximos dias, a torcida brasileira vai ocupar lugares em arenas de esportes menos tradicionais. "Os brasileiros estão aprendendo a gostar de esportes. Não sabem como se comportar em alguns dos esportes", insistiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Copacabana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.