Oscar Pistorius volta a não alcançar índice olímpico

O sul-africano Oscar Pistorius falhou novamente na tentativa de conseguir o índice para a prova dos 400 metros rasos da Olimpíada de Pequim. O atleta, que usa próteses de fibra de carbono nas pernas e tem permissão para correr entre os competidores sem deficiência, terminou a prova na etapa de Roma da Golden League em sétimo lugar, com o tempo de 46s62.O índice necessário para a qualificação é de 45s55 e Pistorius tem 46s56 como melhor tempo - essa marca é o recorde paraolímpico da prova.O tempo de hoje, no entanto, foi melhor que o obtido na semana passada, em Milão - 47s78. O atleta recomeçou a preparação há sete semanas, quando a Corte Arbitral do Esporte (CAS) anulou a proibição da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), que afirmava que Pistorius tinha "vantagem mecânica" nas provas por causa de suas próteses. Com isso, ele ganhou o direito de competir na Olimpíada.Pistorius ainda tem uma chance de conseguir o índice para disputar os Jogos de Pequim. No dia 16 de julho, ele competirá em Lucerna, na Suíça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.