'Parece ouro', diz 1ª medalhista da vela feminina do Brasil

Ao lado de Fernanda Oliveira, Isabel Swan conquistou o surpreendente bronze na categoria 470

REUTERS

18 de agosto de 2008 | 07h32

A primeira medalha olímpica para mulheres brasileiras na vela surpreendeu e emocionou Fernanda Oliveira e Isabel Swan, da categoria 470, nesta segunda-feira. "Parece ouro para mim, porque trabalhamos demais. São três anos treinando juntas", disse Isabel após a vitória na regata da medalha, que rendeu o bronze às brasileiras.   Veja também:   Galeria de fotos da conquista do bronze  Após bronze, velejadoras brasileiras já falam em 2012 Fernanda e Isabel vibram com medalha de bronze olímpica Medalhistas da vela viraram empresárias para poder competir A campanha brasileira na Olimpíada de Pequim"Foi uma regata emocionante, muito rápida. Era meia hora para darmos tudo que tínhamos. Partimos sem medo", acrescentou Isabel, em nota no site oficial do Comitê Olímpico Brasileiro. Fernanda foi carregada pelos pais, a irmã e o noivo logo após a vitória. "Este é o choro mais maravilhoso que tem", declarou a mãe da atleta, Suzana. A velejadora, que começou no esporte aos 11 anos, contou que fez um acordo com o noivo, Diogo. "Se eu ganhasse uma medalha nos Jogos Olímpicos, ele entraria na igreja com ela no peito. Fiz minha parte. Eu estaria linda, de vestido. Ele, não sei como vai fazer", disse a gaúcha. Ele admitiu: "Vou entrar com medalha mesmo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.