Pau Gasol espera revanche contra EUA no basquete em Pequim

Dream Team massacrou os espanhóis (119 a 82) na primeira fase e eles podem repetir o confronto na final

EFE

20 de agosto de 2008 | 08h10

O espanhol Pau Gasol disse que está pronto para enfrentar novamente os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Pequim. Gasol pretende devolver a derrota sofrida na primeira fase da competição. Após a vitória sobre a Croácia, que levou a Espanha às semifinais, Gasol disse sua equipe pretende adotar uma postura mais agressiva se tiver que encarar novamente os americanos. "A final é um sonho para nossa equipe. Ganhar o ouro é difícil, mas não impossível. Se voltarmos a jogar contra os americanos, jogaremos com confiança e agressividade", disse o ala-pivô. Gasol disse que sua equipe atingiu o "fundo do poço" na derrota por 119 a 82 para os EUA pela quarta rodada do grupo B em Pequim. "Tentamos atuar de igual para igual, mas os americanos jogaram com uma intensidade à qual não estamos acostumados. Nós também não estávamos em um bom dia. Posso dizer que chegamos ao fundo do poço", disse. Em relação à vitória sobre a Croácia, na qual marcou 20 pontos, Gasol disse que foi uma partida complicada para os espanhóis. "O jogo contra a Croácia foi duro, mas agora estamos onde queríamos. Agora é hora de pensar nas semifinais, que serão muito difíceis", disse. Na próxima fase, a Espanha vai encarar o vencedor do confronto entre China e Lituânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.