Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

Pedidos por ingressos da Olimpíada do Rio se encerram nesta quinta

Interessados têm prazo até as 23h59 para solicitar os bilhetes

MARCIO DOLZAN, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2015 | 02h03

Termina nesta quinta-feira a primeira fase da venda de ingressos para os Jogos Olímpicos de 2016. Quem tiver interesse em assistir a pelo menos uma das mais de 700 sessões esportivas programadas para a Olimpíada tem até às 23h59 para solicitar seu bilhete - e aguardar pelo sorteio para ser contemplado. Os que perderem esta etapa terão de esperar até outubro para tentar comprar os ingressos que sobrarem.

A exceção fica por conta dos bilhetes para o torneio de futebol em São Paulo, que ainda não foram colocados à venda e, por isso, deverão ganhar um período extra de comercialização. O motivo é a indefinição sobre quem bancará as estruturas temporárias na Arena Corinthians, o que impediu até o momento a oficialização do estádio como subsede e inviabilizou a venda de ingressos.

A procura por bilhetes se intensificou muito nas últimas 48 horas. O Comitê Rio-2016 preferiu não dar uma parcial exata de pedidos, mas informou que "já ultrapassou os dois milhões". Vôlei e futebol são os esportes mais procurados, seguido por natação, basquete e atletismo.

"Intensificamos a campanha nas redes sociais, e há ainda o fato de o brasileiro ter o costume de deixar a compra para os últimos dias", destacou Mario Andrada, diretor de comunicação da entidade.

As cerimônias de abertura, que têm ingressos variando de R$ 200 a R$ 4.600, e de encerramento - com bilhetes de até R$ 3.000 - também têm gerado grande procura e dificilmente terão entradas comercializadas nas próximas fases.

Procura. A fim de ampliar o interesse por ingressos, uma campanha na TV aberta começou a ser veiculada no último dia 15. Ações na internet também foram responsáveis por triplicar a interação com usuários de redes sociais.

Apesar de considerar que a procura por bilhetes vinha sendo satisfatória, uma das preocupações do Comitê Rio era em ampliar o número de pessoas interessadas nos ingressos, já que em geral um mesmo comprador acabava solicitando diversos bilhetes.

Rio, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal e Paraná lideram em número de pedidos. Dentre os Estados que serão subsedes do futebol, Rio e São Paulo são os únicos em que a modalidade não está no topo do ranking. Nesses, o vôlei reina absoluto.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio 2016Jogos OlímpicosOlimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.