Pequim diminui preço do metrô para os Jogos Olímpicos

Para estimular o transporte público, cidade ainda ganhará quatro novas linhas até agosto de 2008

Efe,

01 de outubro de 2007 | 11h28

A cidade de Pequim, que nos últimos meses já baixou o preço das passagens de ônibus, aprovou agora a diminuição do preço dos bilhetes do metrô, de três para dois iuanes (de R$ 0,80 para R$ 0,53 centavos) a fim de estimular o uso do transporte público na capital chinesa, onde os engarrafamentos são cotidianos. A redução de preços vale a partir de 7 de outubro. Nesse dia será inaugurada a nova linha 5 do metrô, que permite pela primeira vez chegar com este meio de transporte ao Templo do Céu. O estímulo ao transporte público será complementado durante os dias dos Jogos Olímpicos com um sistema que proibirá a circulação de metade dos automóveis da cidade. O sistema foi testado no mês passado, com resultados discretos. Os planejadores urbanos de Pequim esperam que ele ajude tanto a evitar colapsos do trânsito quanto a reduzir a poluição na cidade, da qual os escapamentos dos automóveis têm grande parte de culpa. Pequim tem atualmente quatro linhas de metrô com um total de 114 quilômetros em que se transportam 1,15 milhões de passageiros por dia. Em 2008, devem ser inauguradas três novas linhas e aumentada a extensão da rede subterrânea em 200 quilômetros.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.