Michael Reynolds/ EFE
Michael Reynolds/ EFE

Pesista Jaqueline Ferreira termina em 4º em seu grupo e fica fora do pódio na Olimpíada de Tóquio

Dona do melhor resultado do halterofilismo do País, brasileira levanta 100kg no arranco e 115kg no arremesso

Redação, Estadão Conteúdo

02 de agosto de 2021 | 03h44

Em dia história no levantamento de peso na Olimpíada de Tóquio, a brasileira Jaqueline Ferreira não conseguiu entrar na briga por medalha. A experiente atleta, em sua terceira edição dos Jogos, ficou em quarto lugar em seu grupo nesta segunda-feira, pelo horário local. O dia contou com a estreia da atleta trans Laurel Hubbard na modalidade.

Competindo pela categoria até 87kg, Jaqueline levantou 100kg no arranco e 115kg no arremesso, totalizando 215kg. Ela começou a sua série tentando 95kg, sem sucesso. Na segunda tentativa alcançou este peso. E, em seguida, foi para 100kg no arranco. Na sequência, no arremesso, falhou em duas tentativas de levantar 124kg.

A brasileira de 34 anos ficou na quarta posição no Grupo B. A primeira posição coube à sul-coreana Yeounhee Kang, com 231kg no total. Jaqueline só conhecerá sua posição final quando for disputado o Grupo A, ainda nesta madrugada.

De qualquer maneira, ela detém o melhor resultado do levantamento de peso brasileiro em Olimpíadas. Foi quinta colocada nos Jogos de Londres-2012, posição igualada por Fernando Reis e Rosane Santos no Rio-2016.

Com a disputa desta segunda, o Brasil se despede da modalidade no Japão. Antes de Jaqueline, Nathasha Rosa também ficou longe do pódio na categoria até 49kg. Fernando Reis estava classificado para competir na capital japonesa, mas um teste antidoping o tirou da disputa às vésperas dos Jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.