Divulgação
Divulgação

Policial rodoviário que trabalha na Olimpíada é baleado no Rio

Crime aconteceu na altura do Trevo das Missões, no acesso à Avenida Brasil

Luciana Nunes Leal e Clarice Cudischevitch, Estadão Conteúdo

13 Agosto 2016 | 12h55

Um policial rodoviário federal que atua na Olimpíada do Rio foi baleado na manhã deste sábado na Rodovia Washington Luiz (BR-040) e levado em estado grave para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, zona norte. O crime aconteceu na altura do Trevo das Missões, no acesso à Avenida Brasil.

O policial foi identificado como Marzio Deon Rezende, de 56 anos. A suspeita é que ele tenha sido atingido por quatro tiros em uma tentativa de assalto, depois de deixar o plantão.

Rezende é de Manaus e foi escalado para integrar as forças de segurança da Polícia Rodoviária Federal nos Jogos Olímpicos do Rio. A Polícia Civil está fazendo a perícia para apurar o ocorrido.

Na noite desta sexta-feira, um policial civil, lotado da Delegacia Antissequestro (DAS), foi baleado durante tentativa de assalto na Tijuca, zona norte. O caso é investigado pela 18ª Delegacia de Polícia (Praça da Bandeira). Rubens Souza foi atingido no peito e no braço e atendido no Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.