Ian Walton/AP
Ian Walton/AP

Povo argentino 'abraça' os Jogos Olímpicos da Juventude em casa

Interesse e entusiasmo do público podem ser medidos pelo fato de todas as disputas terem lotação máxima

Paulo Favero / Enviado especial / Buenos Aires, O Estado de S.Paulo

14 Outubro 2018 | 05h00

O povo argentino abraçou os Jogos Olímpicos da Juventude, que serão disputados até quinta-feira em Buenos Aires. Com lotação máxima em todos os lugares e filas para ver as modalidades esportivas, quaisquer que sejam elas, o público ajuda a tornar a competição da garotada um sucesso. Há muitas famílias com crianças e as pessoas estão mobilizadas para chegar aos eventos.

“Está sendo incrível a quantidade de público e tudo indica que continuará assim até o fim. O Parque Olímpico está cheio mesmo em dias da semana. Até quando choveu as pessoas não desistiram e ainda existem filas. Claro que o que menos queremos é que as pessoas esperem para entrar nas arenas, mas geralmente elas conseguem ver. É importante que todos tenham uma oportunidade de assistir aos Jogos”, comentou Gerardo Werthein, presidente do Comitê Organizador Buenos Aires 2018.

Todas as 600 mil pulseiras (o passe olímpico) colocadas à disposição foram distribuídas ao público de maneira gratuita. Quando uma arena atinge sua lotação máxima, a entrada é bloqueada e uma pessoa só avança quando outra sair. As filas são realmente enormes e muitas vezes as pessoas ficam duas horas esperando para poder entrar nas competições mais concorridas, como ginástica e natação.

Só para se ter uma ideia, do primeiro dia de competição, domingo passado, até quinta-feira, 350 mil pessoas passaram pelos quatro parques que recebem disputas e outras sedes de modalidades. Entre alunos de escolas, foram 100 mil e a estimativa é que chegue a 200 mil o número de crianças estudantes até o término dos Jogos. 

Na cerimônia de abertura, ao ar livre e gratuita, o público foi de 200 mil a 215 mil, de acordo com a organização. “Nós contamos com pessoas especializadas para garantir que o espectador tenha uma experiência grandiosa até quando existam filas. Estamos promovendo uma série de atividades para entreter os fãs dos esportes enquanto estão esperando”, anuncia o Comitê Organizador.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Jogos Olímpicos da Juventude

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.