Wander Roberto/COB
Wander Roberto/COB

Prata no Rio, Felipe Wu fica apenas em 32º no tiro esportivo e é eliminado na Olimpíada de Tóquio

Esperança de medalha, brasileiro soma 566 pontos cai na primeira fase da pistola de ar 10m

Redação, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2021 | 02h48

Medalha de prata na Rio/2016, Felipe Wu foi eliminado na primeira fase da pistola de ar 10m, neste sábado, nos Jogos de Tóquio-2020. No Campo de Tiro de Asaka, o atirador ficou apenas em 32º lugar entre os 36 competidores, ao somar 566 pontos.

O indiano Chaudhary Saurabh foi o primeiro colocado com 586 e deverá disputar o ouro diante dos chineses Bowen Zhang, que ficou na segunda colocação, e Wei Pagn, sétimo colocado. O alemão Christian Reitz, o ucraniano Pavlo Korostylov, o iraniano Javad Foroughi, o sul-coreano Mose Kim e o sérvio Damir Mikec são os outros atiradores com possibilidades de subirem ao pódio.

"“Mesmo depois de todas as dificuldades do ano passado, com clube fechando e abrindo por conta da covid-19, me esforcei ao máximo, consegui a vaga e, mesmo depois de ter me classificado, continuei treinando ao máximo. O que me deixa tranquilo é que fiz o meu melhor”, disse o competidor após a eliminação. 

Único representante brasileiro do tiro esportivo nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, Felipe Wu viveu um ciclo olímpico de altos e baixos. Após a conquista da medalha de prata no Rio-2016, teve uma lesão no ombro, caiu de rendimento e, por pouco, não ficou fora da atual edição do evento. A classificação só veio em março deste ano, após a quarta colocação na Copa do Mundo de Nova Déli, última competição qualificatória, quando deu um salto no ranking.

Atual 10º do mundo, o atleta também teve dificuldades de competir no exterior por causa da pandemia do novo coronavírus. Apesar de tudo, o paulista de 29 anos acreditava no seu potencial e na chance obter uma nova medalha olímpica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.