Ed Ferreira| Estadão
Ed Ferreira| Estadão

Presidente do COI diz que ficaria 'feliz' em ver Dilma no Rio-2016

'Jogos Olímpicos vão além da política', diz Thomas Bach

Jamil Chade, correspondente em Genebra, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2016 | 09h51

O presidente do COI, Thomas Bach, declara que ficaria "feliz" em ver Dilma Rousseff nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e insiste que o evento vai "além da política". Segundo ele, a decisão de convidar ou não a presidente afastada será dos organizadores locais. "Mas o COI tem trabalhado muito bem com o governo de Dilma Rousseff e estamos trabalhando com a mesma cooperação e respeito com o presidente em exercício, Michel Temer", disse Bach. 

"Isso mostra que os Jogos Olímpicos vão além da política e que é um projeto que unifica o país", afirmou o presidente do COI. "Eu ficaria feliz em ver Dilma Rousseff durante os Jogos no Brasil", disse o cartola. Michel Temer, na semana passada, também apontou que não iria se opôr à presença de Dilma na abertura dos Jogos, no dia 5 de agosto.

Com um processo de impeachment ainda correndo em Brasília, dirigentes do COI admitem que esperam que a decisão final possa ocorrer antes do início do evento no Brasil.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Adicione o número (11) 99371-2832 aos seus contatos, mande um WhatsApp para nós e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio-2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.