AP Photo/Michael Sohn
AP Photo/Michael Sohn

Polícia Federal confirma retorno de Ryan Lotche aos Estados Unidos

Nadador americano deixou o Brasil na última segunda-feira

Suellen Amorim, especial para a AE, Estadão Conteúdo

17 de agosto de 2016 | 17h46

A Polícia Federal (PF) confirmou nesta quarta, 17, que o nadador americano Ryan Lochte deixou o país, em um voo comercial com destino aos Estados Unidos, na última segunda-feira, 15. A partida ocorreu dois dias antes de a juíza Keyla Blanc de Cnop pedir a apreensão dos passaportes dele e de outro nadador, James Feigen. Os dois apresentaram versões contraditórias a respeito de um suposto sequestro que teriam sofrido na região da Lagoa Rodrigo de Freitas, zona Sul do Rio de Janeiro, quando voltavam de uma festa na madrugada do último domingo, 14.

A juíza determinou a apreensão dos passaportes para evitar que os dois deixassem o país até que a investigação sobre o caso fosse concluída. Enquanto Lochte disse, em depoimento na Delegacia Especial de Atendimento ao Turista, que eles foram assaltados por um homem, que exigiu a entrega de 400 dólares, Feigen afirma que foram “alguns assaltantes”, estando um deles armado. Câmeras de segurança, porém, revelaram que os nadadores chegaram à Vila Olímpica, na Barra da Tijuca, zona Sul, com uma atitude positiva, “fazendo brincadeiras uns com os outros”, diz a decisão.

Segundo o apurado, Lotche e outros três atletas americanos teriam sido assaltados no dia 14 deste mês ao saírem de uma festa durante a madrugada. Os bandidos, identificados como policiais, teriam parado o táxi em que os atletas estavam e levado apenas o dinheiro e a carteira dos estrangeiros, deixando-os com suas respectivas credenciais e celulares.

Nos Jogos Rio-2016, Lotche ganhou uma medalha de ouro pelos Estados Unidos no revezamento 4x100 livre. De acordo com a programação, os atletas deviam ficar no Rio de Janeiro até esta quarta-feira. Com exceção do medalhista, os outros três atletas ainda estariam no Brasil. A PF do Rio cogita mudar a investigação para saber o que de fato os atletas fizeram durante a madrugada.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.