Divulgação
Divulgação

Lentidão na venda de ingressos da Olimpíada irrita público

Usuários se queixam de atrasos na conexão do endereço eletrônico

Igor Ferraz e Marcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

20 de outubro de 2015 | 11h25

O Rio-2016 vendeu 120 mil ingressos para os Jogos Olímpicos do próximo ano apenas na primeira hora de venda direta, iniciada às 10h da manhã desta terça-feira. Além desses, outros 100 mil ingressos estão no “carrinho de compras” esperando a finalização do pagamento.

A nova fase da venda de ingressos para os Jogos do Rio vem dando muita dor de cabeça para o público. Apenas uma hora após a abertura das vendas, muitas pessoas já reclamavam nas redes sociais oficiais da competição. A maior queixa é contra a plataforma de venda de ingressos, que estaria com uma conexão irregular devido ao alto número de acessos.

"Muita sacanagem! Fiquei vários minutos e só sabiam negar os caracteres. Depois, houve problema de processamento e agora está esgotado!", reclamou um dos internautas. "Antes fosse possível comprar. Toda hora sai do ar, espera virtual, a sessão pesquisa não funciona... Nunca vi tanto erro", publicou outro por meio do Twitter.

Segundo o Comitê Rio-2016, o site não chegou a cair, mas muitos compradores eram direcionados para uma fila de espera de 30 segundos. Há relatos de que, nesse período, o ingresso desejado já não estava mais disponível.

O comitê ressaltou que, nessas ocasiões, o usuário não deve dar refresh (F5) na página, uma vez que isso poderá fazer com que ele seja remetido novamente ao início do processo.

Já na primeira hora, o site do comitê organizador (www.rio2016.com/ingressos) esgotou "temporariamente" os bilhetes para algumas das sessões mais concorridas, como as cerimônias de abertura e encerramento, as finais de basquete e futebol masculino e a decisão dos 100 metros do atletismo. Mas o Comitê Rio-2016 alerta que novas entradas poderão ser disponibilizadas a qualquer momento.

Isso porque, desde o início do mês, uma ferramenta de revenda foi disponibilizada e milhares de bilhetes que haviam sido comercializados na fase de sorteios estão retornando 'ao guichê online'. Apesar de a devolução não ser automática, as entradas podem aparecer na plataforma de venda ao longo do dia.

"Nossa orientação é que as pessoas continuem tentando em diferentes momentos do dia", informou a assessoria de comunicação do Rio-2016, citando o exemplo da ginástica artística, que chegou a ter a venda de ingressos encerrada, mas depois, reaberta. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.