Andreas SOLARO / AFP
Andreas SOLARO / AFP

Rayssa Leal brilha em semifinal e vai à decisão do skate em Roma com Pâmela Rosa

Medalhista olímpica fica em segundo lugar na semifinal enquanto a compatriota em sétimo; japonesa Funa Nakayama crava a primeira posição

Redação, Estadao Conteudo

02 de julho de 2022 | 14h50

As brasileiras Rayssa Leal e Pâmela Rosa confirmaram presença na final do Pré-Olímpico de skate street, realizado em Roma, neste sábado. Em uma semifinal bastante disputada, Rayssa terminou o dia em segundo lugar com 246,47 pontos. A sua compatriota ficou com a sétima vaga e obteve a pontuação de 224.28.

Gabi Mazetto, que era a outra representante do Brasil, acabou ficando na 14ª colocação. O primeiro lugar ficou com a japonesa Funa Nakayama, que fez 252.41. A final feminina do Pré-Olímpico de skate street, em Roma, acontece às 14h deste domingo com transmissão do Sportv e do site oficial das Olimpíadas.

A decisão do torneio, que vale pontos para o ranking olímpico, reserva quase que um duelo à parte com a escola japonesa de skate. Entre as oito classificadas, cinco são do Japão (Funa Nakayama, Rizu akama, Coco Yoshizawa, Momiji Nishiya e Yumeka Oda). A australiana Chloe Covell, de apenas 12 anos, ficou com a última posição e completa das candidatas ao título da competição.

Na disputa, Funa Nakayama e Rayssa Leal se revezaram pela primeira posição com atuações seguras e manobras arrojadas. A Fadinha obteve três notas acima dos 78 pontos e, com o segundo lugar na semi, vai ter a vantagem de ser a penúltima a entrar em ação.

Pâmela teve um início irregular, mas cresceu nas últimas voltas ao utilizar corrimãos e usar elementos de Flip. O bom desempenho garantiu a brasileira entre as oito finalistas sem sustos. A briga mais acirrada foi pelo último posto e ficou entre a holandesa Roos Zwetloot e a australiana Chloe Covell, que assumiu o oitavo lugar no final.

Tudo o que sabemos sobre:
skateRayssa LealPâmela Rosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.