Montagem/ Divulgação
Montagem/ Divulgação

Recuperadas, Duda e Dara celebram volta à seleção de handebol

Dupla participará de período de treinamentos com o Brasil

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2015 | 19h01

Duas das principais jogadoras da seleção brasileira feminina de handebol, a armadora Duda e a pivô Dara vestirão novamente a camisa verde e amarela a partira da próxima semana. Recuperadas de lesões, elas estão confirmadas para o período de treinamentos que a equipe fará nas Ilhas Canárias, na Espanha, entre 4 e 12 de outubro.

Melhor jogadora do mundo na temporada passada, Duda passou por um longo processo de recuperação. No fim do ano passado, a atleta do Györ Audi (Hungria) foi submetida a uma cirurgia para corrigir o rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Agora, não esconde a felicidade por estar de volta.

"Fico feliz por estar de volta. Vou tentar me reintegrar, mas acredito que não vou poder jogar muito. Durante a minha longa recuperação, tive uma lesão muscular e isso atrasou o meu retorno. Por enquanto estou jogando só na defesa, mas nas próximas semanas espero estar em melhores condições. Esse é o meu objetivo no momento", comentou.

Já Dara teve uma lesão que lhe tirou de quadra por menos tempo, mas não foi menos traumática. Às vésperas dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, precisou ser cortada depois de ser diagnosticada com uma trombose venosa na perna esquerda. De volta, ela ainda lamenta não ter participado da conquista do ouro no Canadá.

"Ficar fora dos Jogos Pan-Americanos foi bem difícil para mim, teria sido minha quarta participação. Acompanhei os jogos pela televisão e as meninas me fizeram sentir parte do grupo. Mesmo estando longe, elas foram muito companheiras. Me senti o tempo todo com elas. Isso diminuiu a dor de não estar lá e aumentou a vontade de voltar às quadras ainda mais rápido. Então, nesse tempo fiquei focada na minha recuperação. Agora já estou treinando pelo clube e pouco a pouco recuperando a minha confiança", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.