Resultado de nova investigação sobre doping na Rússia será divulgado na segunda

País pode sofrer ainda mais punições para a Olimpíada do Rio

Estadão Conteúdo

12 de julho de 2016 | 09h31

Os resultados da mais recente investigação sobre doping na Rússia serão apresentados na próxima segunda-feira. O professor canadense em Direito Richard McLaren vai conceder uma entrevista coletiva em Toronto para apresentar as conclusões de sua investigação sobre suposta manipulação de amostras antidoping na Rússia.

McLaren foi nomeado pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) para investigar acusações de uma conspiração de doping apoiada pelo Estado envolvendo os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014.

Grigory Rodchenkov, o ex-chefe do laboratório de testes antidoping de Moscou, disse ao jornal norte-americano New York Times que ele forneceu esteroides aos atletas russos antes da Olimpíada de Inverno e ajudou com a troca das amostras antidoping no laboratório de Sochi. Rodchenkov, que agora vive nos Estados Unidos, declarou que atuou sob instruções do Ministério dos Esportes da Rússia, que nega a acusação.

A Wada disse que foi dada a McLaren a autoridade para investigações mais amplas sobre acusações de doping na Rússia. Ele afirmou no mês passado que sua apuração preliminar confirmou que o Ministério dos Esportes da Rússia estava envolvido na manipulação de resultados de testes antes, durante e após o Mundial de Atletismo de Moscou em 2013.

Se o seu relatório final revelar um esquema ainda mais generalizado e apoiado pelo Estado, a Wada poderia adotar novas medidas contra a Rússia, que passariam até mesmo pela exclusão de todo o país dos Jogos Olímpicos do Rio. Anteriormente, uma investigação liderada por Dick Pound, ex-presidente da Wada, provocou a exclusão do atletismo russo de competições internacionais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.