Riquelme diz que objetivo da Argentina é chegar à final

Seleção do técnico Sérgio Batista venceu os japoneses por 1 a 0 em amistoso interrompido pela chuva

EFE

29 de julho de 2008 | 13h51

O meia argentino Juan Román Riquelme, capitão da seleção olímpica masculina de futebol de seu país, disse nesta terça-feira, que o objetivo de sua equipe nos Jogos Olímpicos de Pequim é "chegar à final e representar a Argentina da melhor maneira, pois sabem que contam com bons jogadores". Em declarações após o amistoso em Tóquio onde a seleção olímpica venceu o Japão por 1 a 0 e que acabou suspenso aos 38 minutos do segundo tempo devido à chuva, Riquelme se mostrou satisfeito com o desempenho da equipe, apesar de ter admitido que os jogadores ainda sentem a falta de preparo físico. "É nossa primeira partida após 30 ou 40 dias de férias e treinamos muito a parte física. Jogamos mais ou menos no primeiro tempo, mas melhoramos muito no segundo", analisou. O técnico Sergio Batista, que também citou a falta de preparo físico da equipe em coletiva de imprensa após a partida, reiterou que espera contar com o atacante Lionel Messi, do Barcelona, em Pequim. Para ele, o jogador tem vontade de defender a Argentina no torneio. "Temos muita confiança de que Messi estará conosco, mas só teremos certeza disso dentro de algumas horas", disse Batista, se referindo à decisão de um juiz da Fifa em Zurique que determinará hoje se o Barcelona será obrigado ou não a ceder o jogador. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.