Rodrigo Pessoa usa folga para se recuperar do desgaste

Cavaleiro terá um dia de descanso antes das provas de saltos dos Jogos Olímpicos de Pequim

EFE

19 de agosto de 2008 | 20h08

O cavaleiro Rodrigo Pessoa terá um dia de descanso para se recuperar do desgaste das provas de saltos dos Jogos Olímpicos de Pequim, e voltar bem para a disputa da final da competição, na quinta-feira, às 8h15 (de Brasília).   Nesta folga, o cavaleiro disse que pretende relaxar, passear e repor os líquidos com isotônicos.   O treinador da equipe brasileira de saltos, Nelson Pessoa, analisou as condições dos cavalos tanto de Rodrigo quanto de Bernardo Alves, outro finalista brasileiro na competição, e disse acreditar em uma boa participação dos cavaleiros.   "A expectativa para esta final é grande. Os cavalos estão em uma crescente, o Rufus está excepcional, ele nunca esteve tão bem e o Chupa Chup está em boa forma física", declarou Nelson Pessoa.     Ele ainda comentou sobre a dificuldade de Chupa Chup, cavalo de Bernardo Alves, de pular obstáculos com água.   "Trabalhamos isso bem aqui, mas ele olha muito para o rio e acaba cometendo a falta", disse Nelson Pessoa, treinador da equipe brasileira desde os Jogos Olímpicos de Seul, em 1988.   Caso consiga subir ao pódio, Rodrigo Pessoa pode se tornar o primeiro brasileiro a ganhar quatro medalhas olímpicas consecutivas.   Em Atlanta (1996) e Sydney (2000), ele contribuiu para o bronze do Brasil no torneio por equipes. Já em Atenas (2004), conquistou o ouro no individual.   Se ficar em primeiro lugar novamente, Rodrigo Pessoa entrará para o seleto grupo dos bicampeões olímpicos. Enquanto isso, Bernardo Alves ainda busca sua primeira medalha em Jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.