Rússia quer 3.º lugar geral dos Jogos Olímpicos de Pequim

Dirigentes russos acreditam que atletas deixarão a China com até 40 medalhas de ouro

Efe,

18 de janeiro de 2008 | 16h11

A delegação da Rússia vai aos Jogos Olímpicos de Pequim, em agosto, com o objetivo de terminar no terceiro lugar geral do quadro de medalhas. Segundo Viacheslav Fetisov, diretor da Agência Federal de Esporte da Rússia, a pretensão é conquistar entre 38 e 40 medalhas de ouro. "A análise do cenário atual e as tendências de desenvolvimento do movimento olímpico mostram que o quadro de medalhas será disputado em Pequim por nós, os Estados Unidos e a China", disse Fetisov, citado pela agência Itar-Tass. O dirigente explicou que a equipe olímpica da Rússia terá aproximadamente 400 atletas, que competirão em 23 modalidades. Fetisov anunciou ainda as premiações por cada conquista, que serão iguais para atletas olímpicos e paraolímpicos: o ouro vale um prêmio de US$ 50.000, enquanto aqueles que conquistarem prata e bronze levarão US$ 20.000 e 10.000, respectivamente. No ano passado, o Governo destinou US$ 44,7 milhões na preparação da Rússia aos Jogos de Pequim.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008Rússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.