Divulgação
Divulgação

Russo campeão mundial do levantamento de peso é suspenso

Quatro atletas foram punidos por doping

Estadão Conteúdo

17 de maio de 2016 | 11h54

Quatro atletas russos do levantamento de peso, incluindo um campeão mundial, foram suspensos por doping nesta terça-feira. A Federação Russa de Levantamento de Peso anunciou que Aleksey Lovchev, que ganhou um título mundial em Houston em novembro, com direito a recorde, foi suspenso por quatro anos após testar positivo para a substância proibida ipamorelin.

Sua medalha de ouro no Mundial de 2015 será herdada pelo georgiano Lasha Talakhadze, enquanto o recorde vai ser anulado, restaurando uma marca de 16 anos, estabelecida pelo iraniano Hossein Rezazadeh.

No Mundial, em novembro de 2015, Lovchev se tornou campeão na categoria acima de 105kg com o recorde mundial no combinado do arranque, com um total de 475kg. O brasileiro Fernando Reis participou do evento e foi o 11º colocado.

Alexei Kosov e Olga Afanasyeva também foram suspensos por quatro anos, enquanto Olga Zubova, dona de um título europeu, pegou um gancho de oito anos por seu segundo caso de doping. Todos os três testaram positivo para esteroides.

Zubova, que falhou em um teste durante o Mundial de 2013, tinha competido novamente no Mundial de 2015 apenas um mês após a sua primeira suspensão por doping expirar.

A federação russa disse em um comunicado que planeja apelar da suspensão de Lovchev, alegando um erro na análise do laboratório, mas não contestou as outras sanções.

O levantamento de peso teve a sua imagem atingida nos últimos anos por vários casos de doping. A equipe da Bulgária foi proibida de competir nos Jogos Olímpicos do Rio depois que 11 atletas do país receberam suspensões por doping no ano passado. Outros países, como o Casaquistão, o Azerbaijão e a Coreia do Norte, também tiveram casos recentes de doping.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.