Sandro Viana diz que 'adversários diminuíram de tamanho'

Velocista destacou que a evolução da equipe brasileira fez com que adversários parecessem menos perigosos

PEQUIM

22 de agosto de 2008 | 22h35

O velocista Sandro Viana destacou hoje, após o quarto lugar na final do revezamento 4x100m em Pequim, a evolução da equipe de corredores brasileiros e disse que os "adversários diminuíram de tamanho".     "Não temos mais medo de ninguém. Antes, a gente entrava na pista e só via gigantes do nosso lado. Agora, nossos adversários diminuíram de tamanho", disse o atleta.   Hoje, tanto a equipe feminina quanto a masculina ficaram em quarto lugar nas finais do 4x100m no Estádio Nacional da capital da China, o Ninho de Pássaro. Os homens terminaram a prova pouco atrás dos japoneses - terceiros colocados - com o tempo de 38s24, melhor marca brasileira no ano.   "Batemos na trave de novo. Fomos quarto no Mundial ano passado e, agora, ficamos por nove centésimos. Respeito, espaço e tradição nós já temos. Agora, só falta a medalha", afirmou Sandro Viana, que integrou a equipe ao lado de Vicente Lenílson, Bruno Lins Tenório e José Carlos Moreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.