Jack Guez/ AFP
Jack Guez/ AFP

Sarah Menezes perde na estreia no Mundial e se distancia da Olimpíada

Judoca brasileira é superada por Charline Van Snick, da Bélgica

Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2015 | 08h13

Atual campeã olímpica, Sarah Menezes corre sério risco de não defender seu título nos Jogos do Rio, no ano que vem. A piauiense vive má fase, foi preservada dos Jogos Pan-Americanos visando o Campeonato Mundial, mas não evoluiu. Nesta segunda-feira, ela caiu logo na estreia em Astana (Casaquistão), diante da também medalhista olímpica Charline Van Snick, da Bélgica. Concorrente por uma vaga no Rio-2016, Nathalia Brígida está na semifinal.

Desde o título do Grand Slam de Tyumen (Rússia), em julho do ano passado, Sarah vem lutando mal. Caiu na estreia do Mundial de 2014, terminou sem medalhas os Grand Slam de Tóquio (Japão) e Samsun (Turquia) e só se recuperou parcialmente no Campeonato Pan-Americano, onde ganhou ouro.

Como caiu para apenas o 10.º lugar do ranking, Sarah Menezes não teve o direito de ser cabeça de chave no Mundial. No sorteio, caiu diante de Van Snick na estreia, numa repetição da semifinal da última Olimpíada. A brasileira perdia por um shidô até os segundos finais, quando levou ou yuko decisivo e acabou eliminada.

Enquanto isso, Nathalia Brígida fez ótimo Mundial. Superou Cristina Budescu, de Moldova, por ippon, lutou apenas 24 segundos até jogar Ana Zhumalikyzy (Quirguistão), e depois precisou do golden score para vencer a turca Dilira Lokmanhekim e também a romena Monica Ungureanu. Na semifinal, acabou superada pela japonesa Haruna Asami e foi para a disputa da medalha de bronze.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.