COB/Divulgação
COB/Divulgação

Sasaki diz que não está 100%, mas competirá nos seis aparelhos

'Vou voltar a competir no individual geral e isso vai me dar mais confiança,' conta o atleta

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2016 | 14h45

Ainda que Arthur Zanetti seja o atual campeão olímpico das argolas e Diego Hypolito já faturou dois títulos mundiais no solo, o ginasta mais completo do Brasil de todos os tempos segue sendo Sérgio Sasaki. Décimo colocado no individual geral nos Jogos Olímpicos de Londres, ele precisou operar o joelho no fim de 2014 e ficou 16 meses parado. No evento-teste dos Jogos Olímpicos do Rio, a partir de sábado, vai enfim voltar a fazer uma competição completa, apresentando-se nos seis aparelhos da ginástica artística masculina.

"Minha maior expectativa é voltar a fazer o individual geral. O evento-teste vai ser uma etapa da evolução para eu voltar a competir nos seis aparelhos. Não estou 100% ainda, mas isso faz parte do nosso trabalho. Acredito que é mais uma etapa que eu tenho que passar", comenta Sasaki.

Ele voltou às competições em março, no DTB-Pokal, em Stuttgart, na Alemanha. Naquele torneio por equipes, apresentou-se apenas nos três aparelhos que menos exigem dos membros inferiores: cavalo com alças, barras paralelas e barra fixa.

Mas Sasaki, como especialista no individual geral, pretende chegar ao Rio-2016 na briga por uma medalha nesta disputa, que soma os resultados dos seis aparelhos. Para tanto, o evento-teste vai servir como uma prévia do que poderá fazer na Olimpíada, ainda que ele admita que não deve repetir seus melhores resultados - somou 89,565 pontos no Mundial de 2014.

"Se eu for bem, vai ser legal, mas o programado não é somar os pontos que somava antes ainda. Vou voltar a competir no individual geral e isso vai me dar mais confiança. Também vai ser uma competição sem muita pressão porque o Brasil já está classificado para os Jogos Olímpicos", lembrou.

Como o Brasil já tem garantida a participação por equipes no Rio-2016, só Sergio Sasaki e Arthur Zanetti vão competir no evento-teste. Os dois se apresentam sábado, brigando por vagas nas finais por aparelhos, que serão na segunda-feira. O título do individual geral será definido a partir dos resultados de sábado mesmo. Ambos se apresentam na segunda sessão, das 14h30 às 17h00.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.