Scheidt termina 2º dia da Final da Copa do Mundo de Vela na vice-liderança

O brasileiro Robert Scheidt terminou bem o segundo dia da Final da Copa do Mundo de Vela, evento realizado em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, que reúne no máximo 20 barcos por classe. Nesta sexta-feira, o multicampeão ficou em oitavo e segundo lugar nas regatas realizadas, encerrando o dia na vice-liderança da categoria Laser.

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 10h53

Scheidt acumula 16 pontos perdidos, ou 8 considerando um descarte, e está atrás do australiano Tom Burton, com 11 perdidos, ou 5 já levando em conta um descarte. O australiano Nick Thompson é o terceiro colocado.

Além de Scheidt, os outros dois brasileiros que competem em Abu Dabi, ambos do windsurfe, também ocupam as primeiras colocações em uma disputa que envolve 14 pranchas no masculino, uma mais do que a disputa feminina.

Apenas o 31º colocado no Mundial de RS:X, disputado na semana passada, Ricardo Winicki, o Bimba, é o terceiro colocado em Abu Dabi após ficar em terceiro, quarto e segundo lugar nas regatas desta sexta-feira. O brasileiro soma 28 pontos perdidos, ou 19, levando consideração um descarte. Ele está atrás do britânico Tom Squires (25 ou 14 pontos perdidos, considerando um descarte) e do espanhol Ivan Pastor Lafuente (23 ou 18 pontos perdidos, considerando um descarte).

Já Patrícia Freitas, que ficou na 19ª colocação no Mundial, está na terceira posição na RS:X Feminina. Nesta sexta-feira, a brasileiro venceu uma regata e ficou segundo e quarto lugar nas outras. Agora ela acumula 18 pontos perdidos ou 12, já contando um descarte.

A brasileira está atrás da britânica Bryony Shaw (12 ou 7 pontos perdidos, considerando o descarte) e da italiana Flavia Tartaglini (13 ou 9 pontos perdidos, contando o descarte).

A Final da Copa do Mundo, considerada um teste para a Olimpíada, prossegue neste sábado, quando serão realizadas mais duas regatas da classe Laser e outras três da RS:X. O domingo está reservado para a medal race.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.