Divulgação
Divulgação

Scheidt supera campeão mundial e fica perto do título brasileiro

Brasileiro leva a melhor sobre Nick thompson na classe laser

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2016 | 19h09

O título do Campeonato Brasileiro da Classe Laser deve ficar com um atleta brasileiro. Essa não seria uma grande novidade se a competição não contasse com diversos estrangeiros, entre eles o atual campeão mundial da classe, o britânico Nick Thompson. A competição acaba na quinta-feira, com mais duas regatas, e por enquanto Robert Scheidt e Bruno Fontes têm boa folga nos dois primeiros lugares.

Scheidt, que mora na Itália e não disputava a competição desde 2013, ano que retornou à Laser, lidera com 12 pontos perdidos. Nesta quarta, venceu duas regatas em três. Já Bruno Fontes aparece com 15 pontos perdidos, em segundo. Como levou a melhor sobre o catarinense em praticamente todas as competições do ciclo olímpico, Scheidt já está convocado para a Olimpíada, enquanto Fontes verá a competição pela TV.

Campeão mundial, o britânico Thompson vem em terceiro, com 31 pontos perdidos, seguido do compatriota Elliot Hanson, que tem 33. Como ainda há um descarte a ser computado, eles só brigam pelo título se tanto Scheidt quanto Fontes tiverem dois resultados piores do que o 17.º lugar nas duas regatas de quarta-feira.

"Estou satisfeito com o resultado de hoje (quarta), conquistei mais duas vitórias. Isso mostra que estou no caminho certo", avaliou Scheidt, que buscará, no Rio-2016, sua sexta medalha olímpica - ele soma dois ouros, duas pratas e um bronze.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.